Top 10: motos custom para rodar com estilo

Selecionamos dez modelos do segmento custom para você incorporar o espírito Easy Rider

01/06/2011 - Texto: Aldo Tizzano (Infomoto) / Fotos: Arquivo INFOMOTO e Divulgação / Fonte: iCarros

 
 
Dafra Kansas 150
  • 1 | 10
  • Dafra Kansas 150
  • Dafra Kansas 150 Harley-Davidson Super Glide Custom Harley-Davidson Rocker C Honda Shadow 750 Kasinski Mirage 250 Kasinski Mirage 650 Kawasaki Vulcan 900 Classic Sundown V-Blade 250 Suzuki Boulevard M 1500 Yamaha Midnight Star 950
Da pequenina Dafra Kansas de 150cc até a sofisticada Rocker C, modelo Harley-Davidson customizado de fábrica, com 1.600 cc, o mercado brasileiro de duas rodas amadureceu ao longo dos anos e, oferece modelos de todas as faixas de cilindrada e preço. Nesta lista, elaborada pela INFOMOTO, selecionamos10 motos que atendem desde o “piloto de primeira viagem” até o experiente motociclista que quer rodar centenas de quilômetros. A faixa de preço varia entre R$ 5.375,00 e R$ 51.900. Uma pode se encaixar no seu estilo de pilotagem e também na sua conta bancária. Agora, é só incorporar o espírito “Easy Rider” e acelerar sua custom.

10- Dafra Kansas 150 :
No modelo 2011 da Dafra, as rodas de liga leve de cinco raios foram substituídas por outras de dez raios, mas na cor preta e com detalhes cromados. O escapamento também é novo e na cor preta, com um protetor cromado. No restante, a Kansas 2011 apresenta estilo diferenciado, bom acabamento e muitos cromados. Sem falar no pacote completo de série, como freio a disco, partida elétrica, bagageiro e suporte da pedaleira da garupa fixado ao quadro. Destacam-se ainda os comandos, como lampejador de farol, buzina, piscas e afogador no punho esquerdo, além de botão de partida, botão corta corrente e do farol no punho direito. O painel em dois níveis traz um mostrador analógico com velocímetro, dois hodômetros e luzes de advertência sobre a mesa de direção; completado por um indicador de marchas posicionado sobre o tanque junto ao bocal. O preço é de R$ 5.590,00.

9- Kasinski Mirage 250 :
Desde 2010, a Mirage 250cc ganhou injeção eletrônica de combustível. suspensão dianteira de longo curso e guidão com novo formato. O modelo conta ainda com acendimento automático do farol, lampejador de farol alto e pisca-alerta. Na parte estética, a custom recebeu novas entradas de ar e piscas com lente fumê. Além disso, o tanque de combustível de 14 litros foi reposicionado. Seguindo a tradição das melhores estradeiras, a Kasinski Mirage 250 está equipada com motor “V2”, com quatro válvulas por cilindro, DOHC (duplo comando no cabeçote). O propulsor da Mirage tem 249 cm³ e gera, segundo o fabricante, 30,9 cv a 10.000 rpm de potência máxima e 2,25 kgf.m a 7.500 rpm de torque máximo. O preço sugerido é a partir de R$ 15.990.

8- Sundown V-Blade 250:

 Em nova fase, a Sundown apresenta sua renovada custom de 250 cm³ de capacidade. A VBlade IE 2011 ganhou injeção eletrônica de combustível e algumas melhorias estéticas. Destaque para as novas rodas de liga-leve, farol, lanterna com LEDs, piscas e alças para a garupa, além da nova suspensão traseira, agora monoamortecida. O motor quatro tempos , SOHC, arrefecido a ar, gera 19,44 cv de potência máxima e 1,91 de torque máximo. O câmbio é de cinco velocidades. De estilo clássico, a VBlade IE começará a ser comercializada em julho. O preço ainda não foi divulgado.

7- Kasinski Mirage 650:
A maioria das motos custom tem estilão clássico, meio retrô. Raras exceções ficam por conta da Harley-Davidson V-Rod, Ducati Diavel e a Yamaha V-Max. Outra marca que também oferece um visual agressivo em sua linha custom de média cilindrada é a Kasinski Mirage 650 EFI. O modelo foge do lugar comum por meio de um desenho mais atual - tanque afilado, quadro a mostra e lanterna traseira com LEDs -, mas sem deixar de lado os cromados e o tradicional motor de dois cilindros em “V” a 90 graus. Com duplo comando no cabeçote (DOHC), o “V2” de 647 cm³ de capacidade está equipado com refrigeração líquida e injeção eletrônica de combustível. O propulsor da Mirage 650 gera potência de 73 cv a 9.250 rpm e 6,9 kgf.m a 7.250 rpm de torque máximo. O preço sugerido da Mirage 650, que na realidade é fabricada pela sul-coreana Hyosung, é de R$ 26.500.

6- Honda Shadow 750:

 Apresentada no começo deste ano, a nova Honda Shadow 750 tem visual completamente distinto do modelo anterior. Saem de cena os grandes pára-lamas, guidão aberto e o visual “clássico”. Em seu lugar, um desenho mais clean e inspirado nas motos do estilo chopper. A principal mudança é a nova roda dianteira de 21 polegadas com pneu mais estreito 90/90. O freio a disco traseiro (de 276 mm) é exclusivo da versão C-ABS, assim como a pinça dianteira de três pistões. Na versão standard o freio dianteiro tem pinça com pistão duplo e freio traseiro é a tambor. O motor se manteve inalterado com dois cilindros em V com 745 cm³ de capacidade. O desempenho é o mesmo: 45,5 cv de potência a 5.500 rpm e torque de 6,5 kgf.m a apenas 3.500 rpm. A transmissão por eixo cardã continua sendo um dos diferencias do modelo, garantindo menos manutenção. O preço sugerido é de R$ 28.980,00.

5- Kawasaki Vulcan 900 Classic:
 
 Motor "torcudo" de dois cilindros em "V", estilo clássico, assento confortável e uma boa posição de pilotagem, sem abrir mão dos cromados. Assim é a Kawasaki Vulcan 900 Classic, representante nipônica feita para encarar a estrada. O motor V2 de comando simples no cabeçote, quatro tempos e 903 cm³ de capacidade, gera exatos 50 cv de potência máxima a 5.700 rpm. Porém é em seu torque e na ampla faixa útil em que estão as principais virtudes desta máquina japonesa. Com 8,0 kgfm de torque máximo já disponível a 3.700 rpm, a Vulcan tem muita força nas arrancadas, retomadas e em baixas e médias rotações. Isso transmite ao piloto muita segurança, principalmente no caso de uma ultrapassagem. A moto ainda tem câmbio de cinco velocidades e a transmissão feita por meio de correia dentada, como nos modelos Harley-Davidson. O preço sugerido é de R$ 33.990,00.

4- Yamaha Midnight Star 950:

 No diversificado mercado brasileiro de motos custom, a Yamaha lançou a XVS 950 Midnight Star, estradeira de quase 1000 cc. O modelo, projetado para cativar um público mais jovem, impressiona pelo porte, visual, conforto e tecnologia de ponta, além de um robusto motor de dois cilindros em "V". Agora, a Midnight Star é a única custom comercializada pela Yamaha no Brasil. Com visual moderno e motor V2 custa R$ 32 mil. Seguindo a tradição custom, a marca adotou um propulsor V2 a 60 graus, porém com pistões forjados e com tratamento cerâmico nos cilindros - tecnologia já utilizada em modelos mais esportivos da marca. Com 942 cm³ de capacidade, o motor da XVS 950 conta com alimentação por injeção eletrônica e arrefecimento a ar. O propulsor gera 53,6 cv de potência a 6.000 rpm e torque de 7,83 kgfm a 3.000 rpm. Na prática, o V2 da Midnight Star oferece força desde as baixas rotações. Trabalha de forma linear, entregando força e potência gradativamente, sem trancos ou sustos para o motociclista.

3- Suzuki Boulevard M 1500:

Apesar dos cromados e do motor de dois cilindros em “V”, a Suzuki Boulevard M 1500 não tem nada do classicismo de sua irmã C 1500, que antes era vendida no Brasil. Nem mesmo o motor. Nessa nova power cruiser japonesa, os dois cilindros têm ângulo de 54° entre si, refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro, mais de 80 cavalos de potência máxima e 12 kgf.m de torque máximo já a 2.700 rpm. Um verdadeiro soco no estômago em arrancadas e baixas rotações. A nova custom Suzuki é da família M, que ainda tem a M800, e caracteriza-se por seguir uma linha mais esportiva. Com preço de R$ 45.900, a Suzuki Boulevard M 1500 é uma boa opção para quem quer uma custom que fuja da receita clássica.

2- Harley-Davidson Super Glide Custom:
 Clássica e esbanjando cromados, a Super Glide é uma fiel representante da linha custom da Harley-Davidson e a primeira equipada com o enorme motor Twin Cam 96, de 1600 cm³ de capacidade e câmbio de seis velocidades. A sexta marcha é over-drive, ou seja, o motor trabalha com giro mais baixo, oferecendo um rodar mais suave, tranquilo e transmitindo mais conforto ao piloto (traduzindo: menos vibração). A Super Glide Custom chega ao mercado com preço sugerido de R$ 34.900.

1- Harley-Davidson Rocker C:
No melhor estilo retrô, o modelo traz motor de dois cilindros em "V" e muitos cromados. Esbanjando atitude e um belo design nem parece uma Harley original de fábrica. Lembra mais uma moto customizada feita por encomenda. Conta com garfo alongado, guidão em "V" e um enorme pneu traseiro de 240 mm de largura, coberto por um amplo paralama. Em determinados ângulos a moto até parece desproporcional. Outro diferencial da Rocker é o banco da garupa escamoteável. Para completar, toda a linha Softail 2011, da qual a Rocker faz parte, adotou o sistema de freios ABS de série. Com este pacote, a moto tem preço sugerido a partir de R$ 51.900.
  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário

publicidade

publicidade